![](https://sites.google.com/site/0e1org/azbox_uy.jpg "AzBox proibido no Uruguai align=left") Por decreto presidencial, o Uruguai baniu a venda e circulação de receptores AZBox e marcas similares, que podem ser alteradas para decriptar sinais sem autorização. A proibição cobre, não somente, a venda destes equipamentos em território Uruguaio, mas também a sua circulação com destino a outros países da região. De acordo com informações da indústria uruguaia, há no país mais de 40 mil destes dispositivos já modificados. Embora o Brasil já tenha proibido de importação da marca, o Uruguai é o primeiro país a adotar uma medida tão radical, já que, a princípio, não é ilegal adquirir um receptor de qualidade para assistir canais FTA. Comparando com computadores, seu uso não deve ser consderado criminoso, mas sim, a obtenção de conteúdo (como músicas e filmes) sem ter permissão dos titulares dos direitos intelectuais. A contravenção ocorre quando de sua modificação objetivando a pirataria.